A luz do mundo

quarta, 02 de julho de 2014 às 16:21

 

- Vós sois a luz do Mundo. Não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte.

Ninguém, pois, acende uma candeia e a cobre com algum vaso ou a põe debaixo da cama. Nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas põem-na no velador, para que os que entram vejam a luz e assim ilumina a todos que estão na casa.

Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos Céus. Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; nem coisa escondida que não haja de saber-se ou vir à luz.

Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.

Notas do Autor: MT 5:14, LC 8:16a, MT 5:15a, LC 8:16b, MT 5:15b-16, MC 4:22, LC 8:17b, MC 4:23

 

UMA CANDEIA. Pequeno recipiente de barro, abastecido com azeite e com uma espécie de pavio feito de pano torcido, que era fixada num prego e iluminava os aposentos das casas.

ALQUEIRE. Recipiente para medida de cereais, com capacidade para 36 litros.

Por: Pregadores do Telhado