Amor de Pai

terça, 02 de agosto de 2016 às 15:49

Aproveitando a inspiração desse mês, queremos falar sobre o Amor de pai, tanto do humano como do Pai celestial.

Assim como sabemos, nesse mês de Agosto comemora-se o Dia dos Pais. Essa data é muito significativa para todo ser humano, pois todos tem, já tiveram, são ou serão pais em sua vida. Acredito que são raros os casos daqueles que não contemplam uma dessas condições. Mas, havendo essa possibilidade, conte com o maior de um Pai que te conhece desde o ventre da sua mãe e já sonhou contigo mesmo antes da existência desse mundo!

Voltando ao foco desse artigo, creio que essa data é mais uma oportunidade de honrar e abençoar aquele que sonhou conosco, que nos educou e cuidou, supriu e ensinou; seja pai biológico, de criação, padrasto ou alguém que cumpriu esse papel em nossas vidas.

Se posso, te dou a mesma dica que o pastor dá em sua carta mensal: aproveite essa data para reaproximar os seus corações! Hoje, por motivos banais, as relações estão estremecidas, frias e distantes. Não deixe sentimentos ruins, problemas ou más lembranças tirarem o prazer de ter essa figura paterna em sua vida. Assim como contamos com o amparo do nosso Pai celestial para todos os momentos, pois Ele nos instrui e fortalececom Sua Palavra e Sua presença, ele também capacita pessoas como os nossos pais para fazer o mesmo por nós! 

Em todo o livro de Eclesiastes temos grande demonstração de sabedoria. Leia comigo essa passagem:

Enquanto há vida, há esperança.
Eclesiastes 9:4

Como filhos, concluo que devemos lutar para vivermos firmes em Cristo sendo ajudados por nossos pais. E como pais, não devemos deixar de ser o melhor que pudermos!

Dificuldades e tempos difíceis também servem para nos fortalecer em nossos relacionamentos. Tenha paciência e contemple o agir de Deus em sua vida! Veja o que diz nessa passagem:

E não somente isto (esperança da glória), mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.
Romanos 5:3-4

Entenda que é um processo, e você pode concluí-lo, com a ajuda de Deus, nosso Pai.

Afirmo que, de tudo o que a Palavra de Deus pode nos ensinar, o amor é a base, é o primordial, pois ele une perfeitamente todas as coisas. Então demonstre seu amor, em dias programados ou fora de hora!

E para se aprofundar no Amor de Deus, nosso Pai, entenda que o amor de um pai também é sacrificial, como foi o de Deus ao entregar Jesus à morte para a nossa salvação. Os pais abrem mão de muitas coisas para a nossa felicidade.

Tome coragem e permaneça amando e cuidando dos seus, pois Deus tem recompensa a quem honra e cuida da família. E a você que é filho, seja grato a Deus pelo seu pai, seu cuidador e seu mantenedor, e honre-o, cumprindo o primeiro mandamento com promessa de Deus (Êxodo 20:12).

 

Camila Bianchi

Por: Admin