Tamar nos dias de Hoje

sexta, 27 de maio de 2016 às 13:04

Devido ao recente caso de uma jovem, do Rio de Janeiro, o assunto de violência contra a mulher vem sendo discutido.

Podemos refletir sobre um caso bíblico, o de Tamar, descrito em  2 Samuel 13.

É um assunto polêmico e de grande relevância em nossa sociedade.

Assim como Tamar, princesa (não somente por seu filha do Rei Davi, mas também uma mulher, uma vida preciosa para Deus, como todas as mulheres são) muitas mulheres podem ter sofrido abuso dentro de seus lares, e somente em Jesus é possível curar as feridas da alma causadas por tamanha violência.

Tamar expôs seu sofrimento publicamente, mas quantas mulheres não conseguem ser ouvidas e curadas de tamanho trauma?

E logo depois foi aconselhada a se calar. E já pensou se muitas ou todas decidem não lutar contra o sofrimento?

Não há um desfecho para a história de Tamar. Ela simplesmente é amparada por um de seus irmãos, no momento de sua dor, e ponto. Se seguiu a vida, formou família ou obteve o conforto de Deus sobre essa situação, não se sabe. E isso é que não podemos deixar acontecer, em nossos dias: uma vida não pode ser lembrada apenas pelo sofrimento.

Tamar certamente precisou de cuidados para restaurar a sua moral, o seu estado emocional, a sua dignidade. E assim devemos nos engajar diante dessas situações.

Assim como no caso da jovem carioca, Tamar não ‘mereceu’ tamanha violência, independente na situação que se encontrava, pois ninguém merece ter sua dignidade violada de tal forma!

O fato é que há falta de amor, tanto dos que agem de maneira abominável, como naqueles que não sabem e não procuram amenizar a dor de quem passou por isso.

Na Palavra de Deus, há vários exemplos de como cuidar do seu próximo, sendo ele quem for, e de como é imprescindível respeitá-lo e amá-lo. Em especial às mulheres, que precisam ser cuidadas em sua fragilidade, em sua natureza. Temos que criar homens que saibam o valor de uma mulher,  e também mulheres que entendam o que são, no Senhor.

Como lição de casa, também devemos nos resguardar de situações arriscadas. Obviamente, a prudência é necessária e observada em toda a Palavra. Vejamos um  exemplo:

‘Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios’.
Efésios 5:15

O versículo acima pode estar mais relacionado a um contexto de comportamento na caminhada com Cristo, e reitera que precisamos usar a sabedoria para tudo, fugindo da aparência do mal.

A Palavra de Deus nos ensina, e por isso devemos manejá-la, a ponto de aprendermos com os erros dos outros, sem cometê-los.

Que a prudência, o amor, a proteção e a inspiração do Senhor estejam sempre contigo! 

 

Camila Bianchi

Por: Admin