"Tsunami: A Profecia"

quarta, 02 de julho de 2014 às 16:11

“Algumas pessoas querem saber como é o inferno. Bem, eu acho que se pode imaginar como ele seja pelo que se vê por aqui”.



Keith Lambert, voluntário inglês em Phuket, na Tailândia.
Revista Veja – 13/0

 

“Lembrai-vos que eu sou o Deus, e não há outro semelhante a mim;
que desde o princípio anuncio o que há de acontecer”. 
(Isaías 46:9)

 

Parecia apenas mais um dia ensolarado em Phi Phi, uma minúscula ilha localizada na Tailândia. Turistas de vários países aproveitavam o fim de ano, num cenário de areias brancas e constante céu azul.

Tudo acontecia como de costume quando, inexplicavelmente, as ondas recuaram ao interior do Oceano. Apesar do espanto, muitas pessoas correram em direção ao mar, a fim de coletar os peixes deixados na areia.

Numa questão de segundos, o inesperado aconteceu: uma gigantesca parede azul de mais de 10 metros de altura, avançava em direção aos banhistas, na impressionantevelocidade de 800 km/h. O desastre que chocaria o mundo todo estava apenas começando. 

“Vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém, tudo isto é o princípio das dores”.
(Mateus 24:6-8) 

O fenômeno conhecido como tsunami – palavra de origem japonesa que quer dizer onda gigante – devastou grande parte da Ásia e da África, trazendo luto não apenas aos 15 países destruídos como a todos os continentes da Terra.

“... e houve grande terremoto, como nunca tinha havido desde que há homens sobre a terra; tal foi este grande terremoto”.
(Apocalipse 16:18)

O tsunami é um terremoto no mar, um maremoto. As balsas de rocha sob o Oceano Índico se chocaram, e a água oceânica criou a onda tsunami.

Foi o mais intenso terremoto já visto pela raça humana, alcançando 9 graus na escala Richter. A tragédia do dia 26 de dezembro de 2004 foi a mais impressionante da história, segundo dados fornecidos pela ONU (Organização das Nações Unidas). 

Para se ter uma idéia da grandiosidade do desastre, a energia total liberada pelo vento foi equivalente ao poder de destruição de 37 mil bombas atômicas de Hiroshima.

“Haverá sinais sobre a terra e angústia entre as nações por causa do bramido do mar e das ondas”.
(Lucas 21:25)

O número de mortos ainda é impreciso, mas, devido à densidade populacional altíssima e à grande leva de turistas nesta época do ano, estima-se que já são mais de 280 mil vítimas fatais.

“haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares”.
(Lucas 21:11)

Mais que o luto pelas centenas de milhares de vidas que tão rápida e repentinamente foram ceifadas, o mundo inteiro assiste com perplexidade a febre de epidemias e fome que assola as áreas atingidas pelo tsunami, sabendo que muitos outros milhares ainda perecerão.


“Assim, também, quando virdes acontecerem estas coisas, sabei que está próximo o Reino de Deus”.
(Lucas 21:31)

 

“VOLTAREI”!

Que promessa do nosso Senhor! Cristo fez essa afirmação, na semana de sua crucificação, declarando a importante verdade de que o Messias viria duas vezes à Terra.

A fé dos cristãos confronta várias religiões do mundo. Cada uma afirma seguir as revelações do deus ou dos deuses verdadeiros.

Algumas pessoas, ainda que bem intencionadas, insistem que os deuses de todas as religiões são simplesmente nomes diferentes do mesmo “ser” ou “força”.

Tal idéia é tão absurda como um homem declarar que todas as mulheres do mundo, não importa quais sejam seus nomes e identidades individuais, são uma e a mesma pessoa – e que cada uma delas é a sua esposa. Com certeza, a mulher com quem ele fosse casado não gostaria nada dessa “visão unificada”...

A profecia é o elemento ausente em todas as outras escrituras sagradas das religiões mundiais. Não é encontrada no Alcorão, nos Vedas hindus, no Bhagavad-Gita, no Livro de Mórmon, nos ditos de Buda... Em contraste, a profecia compreende 30 % da Bíblia, das quais a grande maioria já se cumpriu!


“Antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.
Eu sou o Senhor e fora de mim não há salvador”.
(Isaías 43:10-11)

A tragédia do tsunami deveria, na verdade, apenas reforçar a fé do Povo de Deus!
A volta de Jesus está mais próxima do que se imagina!

 

QUANTO TEMPO NOS RESTA?

Jesus pode voltar agora – antes que eu termine esse artigo, ou antes de você terminar de lê-lo. Esse pensamento te traz alegria ou te enche de medo? A resposta honesta a essa pergunta só você pode dar. Peça orientação ao Espírito Santo para conhecer a vontade de Deus para sua vida.

Em outras palavras, façamos com que o cumprimento de tantas profecias nos sirva de influência motivadora na busca de uma vida santa e incentive nosso senso de urgência na propagação do Evangelho de Cristo. 

“Louco, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será”?
(Lucas 12:20)

Não se engane! A escolha real que encaramos todos os momentos é entre a vontade do homem, e a vontade de Deus.

Que a convicção do retorno eminente de nosso Salvador se torne nossa maior alegria e razão para a busca de santificação. Vigiemos, portanto, e oremos!


JESUS ESTÁ VOLTANDO!

 

Ouça agora uma mensagem poderosa sobre esta impressionante profecia! 
Com meu querido pai, o Pr. Juanribe Pagliarin.


Bianca Pagliarin

 

Por: Pregadores do Telhado