Maria da Conceição Nunes de Sousa, Queimados – Rio de Janeiro Cura de câncer

terça, 05 de agosto de 2014 às 16:42

“Eu tive o primeiro câncer no útero e no ovário e fui operada. Os médicos retiraram tudo. Mas após 6 meses, eu comecei a sentir muitas dores e evacuava sangue. Quando fui fazer exame, descobriram que eu estava com câncer no intestino reto e não tinha como operar no INCA, na Praça da Cruz Vermelha (Centro do Rio de Janeiro). Foi quando o Senhor (Pastor Juanribe Pagliarin) esteve aqui para a inauguração da Paz e Vida. Então, eu falei: Se esse Jesus é Jesus mesmo, que cura e dá a vida, então, eu quero ver Jesus me dar a vida. Porque os médicos haviam me dado apenas 6 meses de vida. Eu não tinha mais como sobreviver, porque o câncer já estava no intestino reto e havia ‘comido’ tudo.

Eu estava fazendo quimioterapia e radioterapia. Isso é muito triste. Tem muita gente que me conhece, me viu careca. Eu fiquei magrinha. Eu perdi o cabelo, perdi a sobrancelha, fiquei magra, não tinha firmeza na perna e falei aqui na Paz e Vida: Se esse Deus dá vida mesmo, eu quero ver Deus me dar vida. Como a igreja estava muito cheia e eu não consegui entrar, porque eu estava muito debilitada, eu disse isto ali no poste, do lado de fora da Paz e Vida, do outro lado da rua. De lá de fora eu ouvi o Senhor (Pastor Juaribe Pagliarin) dizer que só Jesus dá a vida. Então eu falei: Quero ver se Deus cura mesmo. Porque eu estava fazendo a quimioterapia e a radioterapia só por fazer, porque os médicos havia me dado 6 meses de vida. Foi aí que eu fiz esse desafio a Deus.

Quando eu fui fazer outro exame, que não constou mais câncer, o médico pediu a minha identidade e um exame completo, que também não acusou mais nada. Eu disse: Doutor, quem me curou foi Deus. Ele falou: ‘Segura na mão desse Jesus, porque esse Deus te deu a vida, porque você estava praticamente morta.’ Ele não acreditava e, por isso, pediu a minha identidade para confirmar. Espantando, ele dizia que não via mais o câncer nos meus exames. Mas ele não entendia como a cura havia ocorrido, porque o laudo anterior mostrava que eu já estava na ‘reta final’. E eu só dizia que quem me curou foi Jesus.

Jesus cura o câncer, porque curou em mim. Eu cheguei a pesar 40kg e hoje eu peso 74kg. E já cortei até o cabelo, porque o meu cabelo cresceu. Até a minha pele estava ressecada, por causa da quimioterapia e da radioterapia. O tratamento acaba com a pessoa. O câncer no reto foi tão violento que eu cheguei a defecar pela boca. Era um mau cheiro só. Aí eu aceitai Jesus e, por umas 3 vezes, o pastor foi me dar a Ceia do Senhor na minha casa, porque eu estava muito fraca e não conseguia vir à igreja. Eu seguia ouvindo as mensagens do Pastor Juanribe Pagliarin, sempre orando e orando e hoje eu estou aqui, viva e com saúde, para honra e glória do Senhor Jesus.

Todos os anos eu faço exames, porque os médicos pedem, mas não acusa nada. Eu estou uma mulher saudável. Eu não tenho nada, nada, nada. Eu tenho muita saúde.

Eu fiz campanha de oração na Paz e Vida. Aquelas campanhas de 7 semanas. Todas as campanhas eu fazia. Chamava e eu estava ali na campanha. Vale à pena participar. Resolve qualquer problema. Entrega na mão de Deus, porque Ele resolve. Só Ele faz. Eu sempre falo: A Paz e Vida dá vida. Deu a minha vida, porque eu estava morta. Hoje eu estou muito feliz. Estou feliz, estou com Jesus. Quer coisa melhor que isso?”

 


Testemunho de Maria da Conceição Nunes de Sousa

Por: Pregadores do Telhado